sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

ATA ASSEMBLÉIA SETORIAL DA MÚSICA DO PARANÁ

ATA DA ASSEMBLÉIA SETORIAL DE MÚSICA DO PARANÁ

Aos doze dias de janeiro de dois mil e dez, as dezessete horas, foi realizada no Auditório Paul Garfunkel da Biblioteca Pública do Estado do Paraná a Assembléia Setorial de Música do Paraná, convocada pelo FPM-PR (Fórum Permanente de Música do Paraná), para eleição de três representantes estaduais que participarão do colegiado eleitoral da Conferência Setorial de Música que será realizada até 28 de fevereiro/2010 , em Brasília e que elegerá os membros do Colegiado Setorial de Música do Conselho Nacional de Políticas Culturais. Atividade prevista pelo Regimento da II Conferência Nacional de Cultura/Portaria MinC no. 4, de 3/12/2009, e nas disposições legais existentes .
A assembléia foi coordenada pelo representante do Paraná no Colegiado Setorial de Música do CNPC/MINC Manoel José de Souza Neto que presidiu a assembléia, com auxilio de Oswaldo Aranha, André Alves Wlodarczyk, e Sérgio Albach. Como secretários Jussara Nascimento de Oliveira e Filipe Castro e cobertura fotográfica de Gleuza Salomon. O evento contou com apoio de todas as entidades integrantes do Fórum Permanente de Música do Paraná alem de novas integrantes.
A composição da mesa foi seguida da apresentação de todos os membros da plenária.
Manoel Neto apresentou informações sobre o processo construtivo do FPM-PR, FNM (Fórum Nacional da Música) e o papel das diversas entidades da música na formulação de políticas públicas para o segmento. Em seguida foi exposto sobre a estrutura de funcionamento da atual política publica federal, CNPC/ SNC/ PNC/ Conferência Nacional de Cultura, Funarte e Rede Música Brasil.
As conquistas da música e histórico do processo foram lembrados por André Alves Wlodarczyk, Cláudio Ribeiro e Oswaldo Aranha.
Os presentes reconheceram que o processo de representação no Paraná é diferente de alguns estados por ser unificado, indiferente às bandeiras, sejam das classes artísticas/criativas, associativas e da cadeia produtiva, ou das entidades, sejam regionais ou nacionais, sendo um processo de somatória em que todas as entidades juntas são o FPM-PR. Sendo assim os candidatos a estas e outras representações serão realizadas através do FPM-PR que a cinco anos ratifica estas indicações, porem sendo esta a soma dos interesses de toda a diversidade de representações da música no Paraná, sendo portanto subscritas pelas entidades que a compõem.
Logo após foram apresentadas as conquistas e os desafios deste processo, seguidas de abertura para perguntas. Um amplo diálogo se formou entre todos os presentes em torno dos temas relacionados e em seguida foram decididas questões de funcionamento do processo eleitoral e do papel da plenária que exerceu sua soberania decidindo a metodologia de escolha da delegação.
Após estas breves apresentações, abriu-se espaço para perguntas e questionamentos sobre o processo eletivo, representação no Colegiado Setorial de Música. Destarte foram apresentados os critérios para processo eletivo, debatidos e aprovados pela plenária em unanimidade, seguindo os seguintes princípios: a apresentação de até três candidatos por entidade; optou-se por voto direto não cumulativo aos cargos de titulares, sendo seguido de suplente sempre o segundo mais votado, e pelo voto dividido por categorias criativa, associativa e produtiva. O poder público estadual não se manifestou oficialmente e a plenária optou pela decisão de colocar em voto a cadeira relacionada ao poder público considerando que estavam presentes membros dos poderes públicos municipal, estadual e federal.
Após foi dada abertura a pauta para a Assembléia Setorial de Música do Paraná. Foram convocadas a defender suas candidaturas e apresentar os respectivos documentos.
Esclarecidas as dúvidas, relacionamos as 24 entidades e movimentos presentes e seus representantes:
Rafael Wasmann – Presidente da Associação Situação; André Alves Wlodarczyk Situação e membro do colegiado setorial de música; Marco Goulart – Orquestra Sinfônica do Paraná; Anderson Silva e Tamara Lopes – Rexsom Instrumentos Musicais; Alvaro Neves – Movimento Música Curitibana , Stereo 33, Toque Duplo; Pio Santana – Vice presidente da Associação dos Compositores do Paraná; Waltel Branco – Presidente de honra do Fórum Permanente de Música- PR; Oilson Alves “Will” – Presidente da Associação Quatro Elementos da Cultura Hip Hop do Estado do Paraná, membro do Conselho Municipal de Cultura de Curitiba; Glauco Sölter – Coordenador de Música Instrumental da Oficina de Música de Curitiba; Ary Giordani – Gariba – Instituto de Pesquisa e Estudos Sociais Ambientais; Maurício Dottori – Departamento de Artes e Música da Universidade Federal do Paraná, Associação Brasileira de Cognição e Artes Musicais; Cláudio Ribeiro – Escola de Samba Filhos da Capela, diretor de laser e juventude da Secretaria de Esporte Estadual do Paraná; Zé Geraldo “Filet” – Fórum Permanente de Música do Paraná, membro do Conselho Municipal de Cultura de Curitiba;; Milena Buzzetti – MPB – Música Para Baixar; Luigi Castell – ABPÁudio; Juliane Neves Fiorezi - MPB – Música Para Baixar; Sérgio de Meira Albach – Diretor de Música da Fundação Cultural de Curitiba e coordenador da Oficina de Música de Curitiba; Filipe Hoeldtke Castro – Centro Cultural Humaitá e Fórum Permanente de Música do Paraná; Oswaldo Euclides Aranha – Associação dos Produtores Independentes de Música, Vice Presidente do Fórum Permanente de Música do Paraná, membro do Conselho Municipal de Cultura de Curitiba e Fórum das Entidades Culturais do Paraná; Daniel Binotto – EMBAP – Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Associação Pró Música; Jussara Nascimento de Oliveira - Associação Quatro Elementos da Cultura Hip Hop do Estado do Paraná; Manoel J de Souza Neto - Presidente do Fórum Permanente de Música do Paraná e do Musin Museu Independente, membro do colegiado setorial de música, do Conselho Municipal de Cultura de Curitiba, Fórum das Entidades Culturais do Paraná, os Charlatões; Galateia Fridlund - promotora do Ministério Público. Além dos representantes destas ainda estavam presentes artistas independentes não relacionados a nenhuma das entidades supra citadas e cujos seus nomes constam da lista de presença em anexo.
Reconhecidas as entidades que se faziam representar e da validação do processo pelo coletivo da música paranaense foram observadas que ainda outras entidades estavam apoiando o processo, porém devido a motivos de força maior não estiveram presentes na assembléia.
Por aclamação foi aprovado que as proposições da Assembléia Setorial de Música do Paraná para contribuição para a plenária da II Conferência Nacional de Cultura serão as mesmas do documento redigido na Conferência Livre Municipal da Música realizada pelo FPM-PR no dia 12 de setembro de 2009. Sendo portanto as mesmas anexadas ao relatório final desta assembléia. (em anexo neste blog)
Após, foi ratificado novamente pela plenária o nome de Manoel J de Souza Neto membro do colegiado setorial de música como candidato nato a Conferência Setorial de Música.
Em seguida foram confirmados os documentos necessários para validação das candidaturas. Desta forma foram indicados por categoria criativa, produtiva e associativa, os seguintes candidatos presentes:
Para categoria criativa: Juliane Neves Fiorezi - MPB – Música Para Baixar; Cláudio Ribeiro – Escola de Samba Filhos da Capela e Daniel Binotto – EMBAP – Escola de Música e Belas Artes do Paraná;
Para a categoria associativa: Rafael Wasmann – Associação Situação; Milena Buzzetti – MPB – Música Para Baixar; Oilson Alves “Will” – Associação Quatro Elementos da Cultura Hip Hop do Estado do Paraná e Maurício Dottori – Departamento de Artes e Música da Universidade Federal do Paraná, Associação Brasileira de Cognição e Artes Musicais;
Para a categoria produtiva: Oswaldo Euclides Aranha – Associação dos Produtores Independentes de Música; Luigi Castell – ABPÁudio e Jussara Nascimento de Oliveira - Associação Quatro Elementos da Cultura Hip Hop do Estado do Paraná.
Sendo eleitos delegados e suplentes cada um segundo a área escolhida:
Para categoria criativa: Cláudio Ribeiro – Escola de Samba Filhos da Capela, com nove votos, e como suplente Juliane Neves Fiorezi - MPB – Música Para Baixar, com seis votos. Para a categoria associativa: Maurício Dottori – Departamento de Artes e Música da Universidade Federal do Paraná, Associação Brasileira de Cognição e Artes Musicais, com oito votos e para suplente Rafael Wasmann – Situação, com seis votos. Para a categoria produtiva: Oswaldo Euclides Aranha – Associação dos Produtores Independentes de Música, com treze votos, e para seu suplente Luigi Castell – ABPÁudio, com seis votos.
Quanto à questão da indicação da vaga relacionada ao poder publico, graças a não comunicação oficial na realização da assembléia por parte da Fundação Cultural de Curitiba e da Secretaria de Estado da Cultura ter sido considerada pela plenária como desrespeitos ao processo, a mesma optou por fazer a revelia a indicação dos nomes presentes. Após amplo debate, Mauricio Dottori e Daniel Binotto defenderam que qualquer funcionário público presente poderia ser candidato, Geraldo e Manoel defenderam que mais interessante seria se este delegado do poder público fosse um funcionário indicado pela FCC ou SEEC. A plenária aprovou por unanimidade, que mesmo não havendo concordância prévia dos referidos órgãos ainda assim a assembléia deveria sugerir os nomes. Sérgio Albach afirmou que mesmo presente como observador aceitaria a indicação esperando receber apoio da FCC para tal tarefa. Assim foram referendadas as indicações dos nomes de Sérgio de Meira Albach (titular)– Fundação Cultural de Curitiba e Daniel Binotto (suplente) – EMBAP – Escola de Música e Belas Artes do Paraná, como indicados para representar o poderes públicos municipal e estadual, fato que será informado aos órgãos relacionados para definição e ratificação da representação.
Foi feita por aclamação a aprovação da Assembléia Setorial de Música do Paraná, em seguida foram feitos anúncios internos referentes a eleição do Fórum Permanente de Música do Paraná a ser realizada no dia 31 de janeiro de 2010 onde serão criadas novas coordenadorias, foi informada a criação de novas redes virtuais e meios de comunicação internos do FPM-PR; anunciada a intenção de parceria com Ministério Público; aprovada uma carta direcionada a Fundação Cultural de Curitiba tratando da política pública municipal.
Em seguida os eleitos foram reunidos e informados das datas de inscrição e confirmação dos seus nomes perante o Ministério da Cultura através de sitio virtual http://blogs.cultura.gov.br/cnc/formulario-de-candidatura-para-delegacao-setorial/.
A assembléia se deu por encerrada as vinte horas e 40 minutos, ficando responsável Manoel José de Souza Neto pela conclusão da ata e relatório final.

FICHA DE PRESENÇA – DIA 12 DE JANEIRO DE 2010

Nome RG E CPF Entidade, Cargo, Atividade Telefone E-mail
1 - Tânia Mara Alvarenga Lage 7359615-7 FPM-PR 33498544 thaniaconsultoria@ig.com.br

2 – Juliane Neves Fiorezi 5865367-5 Musicista – MPB 96780218 jufiorezi@hotmail.com

3 - Daniel Annoni Binotto 3374226-0 Musico - EMBAP 91737926 datt7@terra.com.br

4 - Sérgio de Meira Albach 4376463-2 F.C.C 33213314 sergioalbach@gmail.com

5 -Milena Buzzetti 6327832-7 Produtor/MPB 88343710 producao.nuvens@gmail.com

6 - Luiz Augusto Coelho (artistico:Luigi Castel) 6120679-5 Técnico audio 99771537 luigi.castel@terra.com.br

7 – Adelson Luiz Silva 6996245-9 Rexsom/Comerciante 30391770 rexsom@gmail.com

8 - Tâmara Lopes - 7634470-1 Rexsom/Comerciante 30391770 rexsom@gmail.com

9 – Ary Giordani 5837985-9 V Gariba 33286249 arygiordani@hotmail.com

10 – Mauricio Dottori 6483725-7 Músico/UFPR 30146766 mdottori@gmail.com

11 – Rafael Wasmann 6424011-0 Músico/Situação 8408-7195 rafawnc@gmail.com

12 – Gleuza Salomon 639796-4 Psicanalista 91945427
13 – Fábio Banks 6867842-0 Produtor/Músic 88813334 fabiobankszigurate@gmail.com

14 – André Alves Wlodarczyk 4759662-9 FPM-PR/Situação 88339572 andrewlod@hotmail.com

15 – Oswaldo Euclides Aranha 1221543-6 PR Apim 32631538 oearanha@uol.com.br

16 – Jussara Nascimento 3461850-0 Produtora/RMPR 88164632 movimenttoartes@yahoo.com.br

17 – Álvaro Neves Jr 6851001-5 Músico 88546078 alvaro@stereo33.com.br

18 – José Geraldo da Silva 4675689-4 Músico/Fpmpr 84346628 selector.z@hotmail.com

19 – Oilson Antonio Alves 8713419-9 A4E-HIPHOP 96724857 quatro.elementos@hotmail.com

20 – Waltel Branco 02131386-1 Maestro/músico/Fpmpr 99171276 maestrowaltel@hotmail.com

21 – Pio Aparecido de Santana 2209633-8 Ass Compositores 84897273 br116pas@hotmail.com

22 – Glauco Solter 4364934-5 Músico 33380264 glaucosolter@terra.com.br

23 – Amandio A. B. Galvão 4028812-0 Músico 32555164 amandiobg@yahoo.com.br

24 – Filipe Castro (artístico Sarará) 6878668-3 Músico 84626558/ 33527675 filipehcastro@gmail.com

25 – Galatédia Fridlund Promotora Min. Público
26 – Marco Aurélio Padilha Cassilha 7602431 91230507 marcoaureliopc@gmail.com

27 – Manoel José de Souza Neto 57188480 Fpmpr/ FNM/ Musin 96043992 forumdemusica@gmail.com


RELATÓRIO DE ASSEMBLÉIA SETORIAL DE MÚSICA DO PARANÁ


I - FICHA DE QUALIFICAÇÃO DO EVENTO:

1. DATA 12 de janeiro de 2010
2. UF: Paraná
3. MUNICÍPIO Curitiba
4. LOCAL DE REALIZAÇÃO Auditório Paul Garfunkel da Biblioteca Pública do Paraná – Rua Cândido Lopes, 133.
5. INFORMAR AS ORGANIZAÇÕES PARTICIPANTES:
Associação Situação; Colegiado Setorial de Música, Orquestra Sinfônica do Paraná; Movimento Música Curitibana; Associação dos Compositores do Paraná; Fórum Permanente de Música do Paraná; Associação Quatro Elementos da Cultura Hip Hop do Estado do Paraná, Conselho Municipal de Cultura de Curitiba; Oficina de Música de Curitiba; Instituto de Pesquisa e Estudos Sociais Ambientais; Departamento de Artes e Música da Universidade Federal do Paraná, Associação Brasileira de Cognição e Artes Musicais; Escola de Samba Filhos da Capela, Secretaria de Esporte Estadual do Paraná; MPB – Música Para Baixar; ABPÁudio; Fundação Cultural de Curitiba; Centro Cultural Humaitá; Associação dos Produtores Independentes de Música, Fórum das Entidades Culturais do Paraná; EMBAP – Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Ass Pró Música; Musin - Museu Independente; Os Charlatões; Ministério Público.

6. INFORMAR O NÚMERO DE PESSOAS PARTICIPANTES: 27

II - FICHA DE QUALIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EVENTO:
1. NOME COMPLETO: Manoel José de Souza Neto
2. ORGANIZAÇÃO/ÓRGÃO: Fórum Permanente de Música do Paraná; Fórum Nacional de Música; Colegiado Setorial de Música
3. E-MAIL: forumdemusica@gmail.com

4. TELEFONE (41) 9604 3992

III – INTRODUÇÃO:
(Descrever de forma sucinta como foi a preparação e realização da conferência livre, qualificando e quantificando o público participante)
O evento teve por bases a pesquisa sobre legislação e realização da atividade na dimensão do processo da CNC/PNC/CNPC/SNC. Confirmada a possibilidade jurídica e de representação foi decidida pela realização da assembléia.
Após a confirmação da atividade pela Funarte, foi feita a busca dos parceiros institucionais, planejamento, busca de apoios, definição de metodologia e regras, oficialização, definição de espaço e datas e convocatória. Após foi feito a
Divulgação. O resultado foi divulgação da assembléia em 72 espaços de mídia registrados. A assembléia obteve a participação de representantes de 24 organizações e associações, de um total de 27 participantes e observadores.
A assembléia ocorreu dentro da normalidade.


IV – DESENVOLVIMENTO:
(Descrever o processo de organização e realização da conferência livre destacando os aspectos positivos e dificuldades enfrentados neste processo- até 2 laudas)


NEGATIVAS

Dificuldade de ação devido a regras incoerentes com a legislação e intenções do Conselho Nacional de Políticas Culturais e Conferência Setorial de Música causada devido a falta de percepção inicial da SPC – Secretaria de Políticas Culturais quanto as especificidades da música; Conflitos de interesses no processo de eleição graças a criação de diversos colegiados novos e desarticulados que não podem ser comparados com a música que é formada por diversos grupos associativos regionais e nacionais em comunicação, organizados e mobilizados;

Ausência de comunicação de algumas organizações nacionais que não se manifestaram em todo o processo, algo a ser revisto sobre o papel destas ser em superestimadas na Rede Música Brasil;

Grande dificuldade de organização e mobilização graças ao curto prazo estabelecido pelo MINC para a realização do processo;

Dificuldade de mobilização devido ao período de festas de fim de ano e férias;

Dificuldade de algumas organizações participarem devido a falta de tempo para mobilizarem e conseguirem a documentação afastando alguns grupos do processo;

Reconhecidas as entidades que se faziam representar e da validação do processo pelo coletivo da música paranaense foram observadas que outras entidades estavam apoiando o processo, porem devido a motivos de força maior algumas não estiveram presentes na assembléia, citando particularmente os representantes regionais da Abrafin, Fora do Eixo, ABEM (Associação Brasileira de Educação Musical), Academia Brasileira de Música, Cooperativa de Música de Curitiba, e movimentos pras Bandas, Cena Local, MySpace Música Paraná, Psycho Billy Corporation. Isso alem de outras entidades e movimentos parceiros que não se manifestaram oficialmente mas informalmente relataram as dificuldades de participação nesta época do ano.

Baixa participação de músicos que não participam de nenhuma organização ou associação, demonstrando que apesar de muito divulgado, poucos se interessam realmente em participar;

Chuva forte durante as horas anteriores e durante o evento prejudicando a realização do mesmo;

Dificuldades em mobilizar o interior do estado, com exceção das entidades da cidade Londrina que se manifestaram em apoio, porem sem poder participar do processo devido as distâncias entre as duas cidades;

Não participação nem manifestação oficial por parte dos poderes públicos municipal e estadual, Fundação Cultural de Curitiba e Secretaria de Estado da Cultura; (Acredita-se pelos comentários que isso tenha ocorrido por incompreensão da dimensão autônoma do movimento em relação a política partidária);

Falta de uma comunicação oficial clara por parte da Funarte e Minc de que o poder público deveria se fazer presente;


POSTIVAS

Colaboração da Funarte determinante para o sucesso da atividade;

Multi-colaboração entre grupos de todo o Brasil buscando ampliar o processo de participação;

Facilidade de comunicação graças a redes, grupos virtuais e email;

Grande colaboração e aceitação das entidades locais;

Concretização das bases regionais da música se reconhecendo com pertencentes a uma mesma estrutura da qual são responsáveis;

Numero considerável de entidades superior as expectativas, somando o total de 24 organizações, entidades e representações presentes;

Grande unidade entre as diversas associações e entidades locais com objetivo comum de realização da atividade a fim de garantir a representação da música do Paraná;

Plenária exerceu seu papel autônomo e cidadão garantindo sua soberania;

Grande apoio da Imprensa;

Apoio de divulgação de veículos de comunicação ligados ao poder público local, estadual e federal;

Conclui-se que foram cumpridas todas as expectativas, a divulgação atingiu o volume de 45 comunidades relacionadas a música do Paraná; Mailing de 2000 nomes relacionados; comunicação a associações regionais e nacionais; divulgação em jornal 1, informativo da Biblioteca Pública 10.000 exemplares; rádio 2; tv 1; redes, sites e grupos virtuais relacionados a órgãos governamentais 9; sites 5; Redes sociais e grupos relacionados aos movimentos da música 7; Alem de listagens de outros movimentos.
Totalizando 72 diferentes meios de comunicação com capacidade de comunicação a centenas de milhares de pessoas.

Exposição do temário da política publica da música perante a sociedade através da divulgação do evento, que somado as outras assembléias estaduais chegou a movimentar 1030 páginas relacionadas em redes sociais e grupos na internet, alem da imprensa em todo o Brasil;

Apoio da Biblioteca Pública do Paraná fundamental para a realização da atividade;

Manutenção dos objetivos do processo das Conferência Setoriais com a proposição de diretrizes e linha de ação;

Mantidas as expectativas e intenções perante a Conferência Nacional de Cultura e Conselho Nacional de Políticas Culturais, em seus aspectos de caráter mobilizador, propositivo e eletivo. Alem disto foram promovidas as intenções relacionadas ao debate da classe musical, do fortalecimento dos fóruns e redes e do encaminhamento de propostas;

Foi fortalecido o movimento regional com a confecção de uma carta voltada a Fundação Cultural de Curitiba assinada por todas as entidades presentes;

Boa organização;

Alto nível de informação da organização da assembléia graças a pesquisa prévia sobre o processo o que colaborou inclusive com outras organizações de assembléias estaduais;

Processo democrático e participativo;

Alto nível de representatividade;

Alto nível de dialogo e interação da plenária;

Eleição de delegados considerados experientes e reconhecidos;

Representação equilibrada entre setores produtivos, criativos, associativos e de órgãos públicos representativos garantindo a fiscalização e transparência do processo;

Participação de músicos das diversas áreas, gêneros musicais e das diversas categorias da cadeia produtiva;


RESULTADO DE IMPRENSA E DIVULGAÇÃO DETALHADO:

Jornal da Biblioteca Pública do Paraná, 10.000 exemplares.

Mailing Fórum Permanente de Música do Paraná
2000 emails – incluindo entidades regionais e nacionais.

Tv http://www.rtve.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=24
Tv educativa do Paraná, programa Enfoque:
ENFOQUE - 5 minutos de entrevista. Dia 11 de janeiro de 2010 as 21h.
Rádio
Rádio Rock 91
Programa Cena Local
Especial com 1 hora de duração dia 24 de dezembro de 2009.

Radio Band News 96.3
– entrevista 3 minutos dia 12 de janeiro de 2010.

Jornal e site o Estado do Paraná
http://www.bemparana.com.br/index.php?n=132412&t=assembleia-setorial-de-musica-do-parana

Divulgação em órgãos oficiais e redes ligadas a governo
Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos do Paraná
http://www.seae.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=7660
Agência Estadual de Notícias - 11/01/2010 12:28:14
Assessoria Jurídica da Fundação Cultural de Curitiba
Fonte: Fórum Permanente de Música do Paraná
http://blogs.cultura.gov.br/cnc/tag/funarte/
Rede música brasil
http://culturadigital.br/redemusicabr/documentos-postados/
http://blogs.cultura.gov.br/cnc/agenda/
Assembléia Setorial de Música do Paraná
http://www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/musica
http://www.aenoticias.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=53471

Sites e blogs
http://www.juridicobrasil.com.br/portal/index.php?tipo=2&cod=2&id_noticia=903595
http://jornale.com.br/horasonora/?p=4488
http://joaoarruda.com.br/ja/?p=4156
http://www.siteafterhour.com.br/agenda.phtml?secao=3&id=23069 (agenda cultural do Jornal Gazeta do Povo)
http://www.newstin.com.br/tag/br/115994076
http://www.newstin.com.br/go-to-link/167807646/http://www.aenoticias.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=53471

Redes
http://forumdemusica.blogspot.com/2009/12/assembleia-setorial-da-musica-do-parana.html

Facebook
Twitter/forumdemusica
Ning fórum nacional de música: http://forumnacionaldemusica.ning.com/

Groups
Fórum permanente de música do Paraná
Fórum Nacional de Música
http://br.groups.yahoo.com/group/forumnacionaldemusica/messages
http://musicaparabaixar.org.br/?cat=3
http://listas.softwarelivre.org/pipermail/fmpb/2009-December/002181.html
http://culturadigital.br/redemusicabr/

Evento no Orkut:

Membros diretos
900
Comunidades relacionadas 9
Membros indiretos dezenas de milhares

Comunidades e redes postadas 45:

Fórum de Música do Paraná
Licenciatura em Musica - EMBAP
Oficina de Música de Curitiba
Bandas do Paraná
MÚSICA - UEM
Musicos do Paraná
Musicoterapia - FAP
Fandango Paranaense
FAP
Punks na Cidade
92 graus
PSYCHOBILLY FEST
De inverno records
Bandas Curitibanas - anos 90.
musicos de Cascavel-Pr
Bateras de Curitiba
VOCALISTAS DE CURITIBA
Bandas curitibanas
DJ´s CURITIBA
Curitiba Underground
Eletrogralha
QUERO ROCK
ABEM - Educação Musical
Bateristas de Curitiba
SITUAÇÃO - CURITIBA
ASCENDE CURITIBA!
Curitiba Musicos
União Curitiba
Bandas de Curitiba
Circuito Fora do Eixo
Bandas e Músicos de Pinhais/PR
PrasBandas
MONDO BACANA
Rock PARANÁ
Industrial CWB
Musicos de Palmas/PR
Musin - Museu Independente
CANTORES & MÚSICOS DO PARANÁ
Programa UndeRock...!!!
Cena Local
ROCK PARANAGUÁ
Bandas Curitibanas
PROGRAMA UPLOAD
Conservatório de MPB de CTBA

Um comentário:

josemanoela disse...

acho legal alguem estar fazendo algo. aki vai uma critica construtiva. legitimidade. maioria. acho q falta maioria. acho q o forum representa uma minoria. se tu faço um sindicato dos lixeiros c apenas 1% dos lixeiros e c um monte de não-lixeiros, sera q eu quero mesmo escutar os lixeiros? ou eu ja sei o q quero deles? pode um lixeiro ser presidente do sindicato dos lixeiros? boa sorte